O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

 

ORAÇÃO A OMULU - OBALUAIÊ

Oração I

Senhor de minhas chagas e de minhas curas Senhor que abraça a vida e a terra orai por mim e por minha alma abençoe a mim e à minha vida Senhor dos mortos e da vidaSenhor dos sonhos e do destino Demande o tempo sobre meus amigos Revele a cura de nossas feridas Senhor dos Senhores Ancestrais Senhor dos Senhores das lágrimas Acalmai os que choram, os que sofrem os que adoecem, os que imploram Senhor de minha vida, de minha esperança Senhor que sai da terra e tudo alcança Tenha piedade de mim Tenha piedade de nós Senhor do espelho que não vê Senhor do oculto e do saber Senhor dos animais e do amanhecer Nos conceda a cura para viver.

Oração II

Atôtô, Atôtô, Atôtô meu Pai Obaluaiê. Salve querido Pai da vida e da riqueza. Eu venho humildemente e com todo respeito, Senhor, pedir-lhe (faça o pedido). Oh! Grande Obaluaiê, se meus pedidos forem injustos e não merecidos, não me puna, Pai. Não deixe que caísse sobre mim sua ira. Mas me dê o que for de meu merecimento. Senhor da lama e do ouro, Pai de todo Ayê, que suas bênçãos me livrem de todos os males, de todas as dores, de todas as doenças, de todas as pestes, moléstias, perseguições. Ilumine Obaluaiê, a minha vida, minha consciência, e que sua justiça seja sempre minha companheira. Proteja-me, Pai, Atôtô, Axé.

Oração III

Dominador das epidemias.  De todas as doenças e da peste.  Omulu, Senhor da Terra.  Obaluaiê, meu Pai Eterno.  Dai-nos saúde para a nossa mente, dai-nos saúde para nosso corpo.  Refoçai e revigorai nossos espíritos para que possamos enfrentar todos os males e infortúnios da matéria.  Atotô meu Obaluaiê! Atotô meu Velho Pai! Atotô Rei da Terra! Atotô Babá!

 

voltar
 
© 2010 Tenda de Umbanda Caboclo Tupinambá de Oxóssi