O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

 

MISSÃO

Pai Simeão
Mensagem espírita passada ao Médium Claudair de Oxóss

Na busca do caminho da fé, temos a todos filhos da santa casa de oração, cujos ditos realizam bons atos em nome da celestial Aruanda, d’onde vimos pelos chamados a ajudar os necessitados e só por isso reunimo-nos numa corrente de união.

No entanto seria pouco se não fosse por estas férulas inescrupulosas de espiritualistas que não se sensibilizam e ainda desconsideram o respeito alheio, deixam-se usar de uma aparência falsa e medíocre para atingir seus ápices na vivaz dos filhos de boa fé.

Pior ainda, futilmente utilizam os nomes das entidades de luz para saciar seus vícios pessoais, suas resenhas criminosas em atitudes grotescas e ainda que por fim acham-se  ilesos de uma incógnita como se nada havido fosse.

Tristes estão, por um momento tão infeliz causado pelos que em momento algum espelham a verdadeira fé objetivada por uma casa espiritual, descarnando as entranhas com maldade o que para tudo sabem que as conseqüências dos fatos recaem sobre todos trazendo e dividindo nossos filhos de fé.

Não temos mais qualquer palavra que se não as de desconforto, não na nossa dimensão, mas as causadas por irresponsáveis diante de uma familia tão humilde como esta que age no largo da oração na humildade e na caridade e muito mais no ungido do amor pela paz.                                                 

Que essa verdadeira família não há de ter ásperos, nem lobos vorazes instituídos e malogros expostos dentre os verdadeiros juncos filhos de fé.

Orem e doem-se ainda mais porquanto ainda estamos dentre voz, na missão mor que é a de manter viva a luz da espiritualidade que ainda existe e habita em muitos de voz.

E ainda, que a palavra seja inabalável diante do consciente de cada um.

voltar
 
© 2010 Tenda de Umbanda Caboclo Tupinambá de Oxóssi