O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

 

Os filhos e o amor eterno

 

Em um parque uma mulher sentou-se ao lado de um homem e disse:

Aquele ali é meu filho, o de calção azul e camisa vermelha, deslizando no escorregador...

Um bonito menino respondeu o homem e completou: Aquela de vestido branco, pedalando a bicicleta é minha filha.

Então olhando o relógio, o homem chamou sua filha. Melissa, o que você acha de irmos?

Mais cinco minutos, pai. Por favor. Só mais cinco minutos!

O homem concordou e Melissa continuou a pedalar sua bicicleta, para a alegria de seu coração.

Os minutos se passaram, o pai levantou-se e novamente chamou sua filha: Hora de irmos agora?. Mas, outra vez Melissa pediu: Mais cinco minutos, pai. Só mais cinco minutos!

O homem sorriu e disse: Está certo filha. Este senhor certamente é um pai paciente.

O homem sorriu novamente e disse: O irmão mais velho de Melissa foi morto no ano passado por um motorista bêbado, quando meu filho andava de bicicleta perto daqui.

Eu nunca passei muito tempo com meu filho e agora eu daria qualquer coisa por apenas cinco minutos com meu filho. Eu prometi não cometer mais o mesmo erro com Melissa.

Ela acha que tem mais cinco minutos para andar de bicicleta.

Na verdade, eu é que tenho mais cinco minutos para vê-la brincar...

Em suma, na vida nem tudo estabelecemos prioridades. Então quais são as suas?

Lembre-se: nem tudo o que é importante é prioritário, e nem tudo o que é necessário é indispensável!

Dê, hoje, a alguém que você ama mais cinco minutos de seu tempo.

Eu parei cinco minutos para escrever esta mensagem psicografada para vocês, então, acho que você pode doar cinco minutos para alguém, pois, a vida é curta, perdoe rapidamente, beije a quem amas lentamente e com muito afeto, ame verdadeiramente, Sorria sem controle, e por fim agradeça a DEUS por tudo.

De um pai que já se foi, mas, que ainda é pai e continua a amar seus filhos: Melissa e Mario.

Por Pai Claudair de Oxósse.

 
voltar
 
© 2010 Tenda de Umbanda Caboclo Tupinambá de Oxóssi