O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

 

MENSAGEM DE UM PRETO VELHO

 

Meus irmãos, se assim tomo a liberdade de chamar, pois, sou frequentador assíduo desta casa de oração, pergunto a todos desde o tempo que era uma pequena casa, onde a corrente era pequena também e ainda tomo a liberdade de relatar e observar por tantas coisas já por mim passadas e, observando todos os filhos de uma corrente sinto a energia que percorre dentro desta e o amor aqui existente com muita fé, a caridade aqui transmitida. Peço aos nossos irmãos que não deixem que os problemas de vida carnais influenciem esta linda corrente.
Vejo irmãos Médiuns trazerem suas amarguras e tristeza estampada em suas faces para dentro desta casa.

A alegria de estarem aqui deve ser maior do que a vida carnal. Se muitos se afastam desta casa que tem uma luz tão grande e por deixarem de lado a fé, a humildade e a alegria de lado, buscando o seu próprio bem estar, deixando que a ignorância tome conta de seus corações, vejo em muitos que trazem seus problemas, sem pensamentos, se ajudo tantos e não sou ajudado, saibam que tudo tem sua hora e seu momento, a cada vez que voz ajudar ao próximo a sua hora de ser ajudado chegará, mas, para ajudar tem de estar com o coração limpo e com fé, amar se tristeza e angustia, então, de que adiante vir tentar ajudar ao próximo se trazes a carga de suas perdas carnais.

Por isso vos digo: deixem seus lares para vir nesta casa, com amor, fé, alegria e, vejam que estão em uma casa de oração onde foram escolhidos para colher o amor e a caridade, onde, para muitos vocês são a ultima esperança e para muitos que estão a perder suas esperanças, para muitos que estão a perder tudo, vocês são os escolhidos para ajudarem na fé deles. Vistam suas roupas brancas com amor, vejam que são vocês os escolhidos  para vermos que o criador está aqui, que o amor dos filhos de fé pode e irá curar até suas piores doenças e enfermidades.

Irmãos, ao ver tantos filhos de fé com tanto amor, ainda fico triste vendo um filho que mesmo com dores na matéria já cansada vem lutando por cada um de vós, seja um pedacinho dele, que tenta segurar a todos e ainda ser desrespeitado.
A todos venho pedir aqui que tenham fé, amor, humildade e respeito, uns pelos outros e por esse filho que tanto se dedica e os ama que tenta doar amor e ensinamentos a seus amados filhos.

Aqui vim trazido por Pai Benedito do Cruzeiro das Almas, para pedir também a minha luz e ficar esperando o tempo que for necessário para vir a incorporar em um bom Médium, aqui estou a esperar para poder trabalhar.

Sou um Preto Velho a esperar. Sou mais um irmão que pela luz vem esperar e seu Paizinho vai me receber e me ajudar meu nome ele vai falar.

Obrigado meus irmãos,
De um irmão Preto Velho a esperar.
Mensagem passada a Médium Lucia de Xangô em 03 de Novembro de 2016.

 
voltar
 
© 2010 Tenda de Umbanda Caboclo Tupinambá de Oxóssi